Olhe Para o Que é Mais Importante

Postado por Pastor Josias Silva | Postado em Esboço de Pregação | Postado dia 26-05-2011

14

Texto (At. 1-10) 1 - Pedro e João subiam ao templo à hora da oração, a nona. 2 - E, era carregado um homem, coxo de nascença, o qual todos os dias punham à porta do templo, chamada Formosa, para pedir esmolas aos que entravam. 3 - Ora, vendo ele a Pedro e João, que iam entrando no templo, pediu que lhe dessem uma esmola. 4 - E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós. 5 - E ele os olhava atentamente, esperando receber deles alguma coisa. 6 - Disse-lhe Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho, isso te dou; em nome de Jesus Cristo, o nazareno, anda. 7 - Nisso, tomando-o pela mão direita, o levantou; imediatamente os seus pés e artelhos se firmaram 8 - e, dando ele um salto, pôs-se em pé. Começou a andar e entrou com eles no templo, andando, saltando e louvando a Deus. 9 - Todo o povo, ao vê-lo andar e louvar a Deus, 10 - Reconhecia-o como o mesmo que estivera sentado a pedir esmola à Porta Formosa do templo; e todos ficaram cheios de pasmo e assombro, pelo que lhe acontecera

Introdução

O texto narrado pela  Bíblia conta a bonita história de um coxo curado pelo poder de Jesus Cristo. O texto também nos mostrará quais as lições que podemos extrair deste encontro dos apóstolos com o coxo. Em nossos dias não temos vistos muitos milagres acontecerem da mesma forma como é retratada na passagem de livro de atos. Imaginem então como ficaram as pessoas que estavam em derredor poder assistir tal cena. Poder olhar para tudo aquilo, a ação dos apóstolos, o levantar do coxo. Um olhar de muita expectativa. Como você tem enxergado a sua vida cristã; será que estamos contentes com o que estamos vendo e fazendo?

Temos tido tempo de olhar para tantas coisas e perdido tempo de nos preocupar com algumas delas. Vamos olhar para o que é mais importante.

Primeiro

O QUE ENXERGAVA O COXO

1- Ele precisava ser carregado até a porta da igreja; nunca iria sozinho.

2- É uma pessoa bem limitada, é por certo uma pessoa infeliz; depende do que os outros vão lhe dar. O coxo sabia o que ia fazer na igreja: (ELE IA PEDIR, PEDIR, PEDIR)

3- Estava à frente da porta da igreja para pedir esmolas, buscava restos, sobras, migalhas. O COXO NÃO TINHA MUITA EXPECTATIVA NA VIDA. Sua vida se resumia a ser carregado todos os dias e esperar alguém com coração benevolente para lhe dar.

4- Tem gente que só vem para igreja carregada também, você convida, e parece que está fazendo um favor em vir à igreja; precisa ser empurrado, forçado por vezes.

5- Tem pessoas que vão à igreja somente para pedir. Tem uma vida toda torta, mas tenta sensibilizar o coração de Deus como se fosse um coxo ou aleijado espiritual.

6-Tem pessoas que estão atrás de migalhas, não entendem a dimensão do amor de Deus e de seu poder, não tem idéia do que seja a Igreja e muito menos da graça de Deus que envolve a igreja.

7- Existem pessoas que estão “coxas” diante de Deus. A vida não melhora em nada, estão sempre olhando a felicidade dos outros. O coxo espera ouvir na igreja a seguinte afirmação: “então hoje prosperarás e serás bem sucedido” Esta frase é complemento de uma outra que está em (Js. 1.8) Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido” Então saiba que está frase nunca será dita sem o seu complemento pelo Senhor Jesus.

8- A vida do coxo começa a mudar quando ele tem seu olhar voltado para o lugar certo: “OS APÓSTOLOS” Eles estavam ali para lhe mostrar Jesus. (veja o verso 12 e 13)

9- É PARA JESUS CRISTO QUE O OLHAR DO COXO SE DIRIGIU. É para Jesus Cristo que estamos olhando? Se a resposta for sim, então devemos imitá-lo. Porque o dia em que os nossos olhos aprenderem a não perder Jesus de vista, a nossa vida será muito melhor. A igreja ganhará, a sociedade ganhará e eu serei o maior premiado com isso.

Segundo

O QUE ENXERGAVAM OS APÓSTOLOS

1- Nunca deixe de ir à igreja, a igreja tem o evangelho e o evangelho faz bem a vida da família. Os apóstolos tinham zelo com a obra, tinham fervor com as coisas de Deus.

2- A igreja não é lugar de esmolas, mas é o lugar onde a Glória de Deus assiste.

Ilustração 

Certa vez conta à história que o papa Urbano IV disse a Tomáz de Aquino, olhando para uma mesa cheia de prata e de ouro; não precisamos dizer como Pedro disse: Não tenho nem prata e nem ouro. E Tomas de Aquino respondeu; nem tão pouco “levanta e anda”

3- A igreja é o vetor que ensina o caminho.

4- Quando Pedro e João se deparam com o coxo o que se segue é impressionante. Vejam o verso

5 – Ele é completamente oposto ao que pensa o mundo moderno. è Não tenho nem prata nem ouro, mas o que tenho te dou. O QUE ELES TINHAM? È Como poderia ele dizer algo assim, dinheiro é tudo nos dias de hoje, assim pensa o mundo, a igreja não deve pensar assim. È A vida destes homens era diferente, veja o que está retratado em (At.2.42-47)42 - E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. 43 - Em cada alma havia temor, e muitos prodígios e sinais eram feitos pelos apóstolos. 44 - Todos os que criam estavam unidos e tinham tudo em comum. 45 – E vendiam suas propriedades e bens e os repartiam por todos, segundo a necessidade de cada um. 46 - E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam com alegria e singeleza de coração, 47 - Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E cada dia acrescentava-lhes o Senhor os que iam sendo salvos.

1- Eles tinham uma conduta moral a ser seguida

2- Eles precisavam uns dos outros

3- Eles tinham zelo para com a obra de Deus

4-Eles sabiam o valor de permanecer unidos

5- Não havia necessitados entre eles, ninguém passava fome

6- Temos que nos encontrar todos os dias com Deus

7- Mostravam a sua alegria e todos percebiam isto

8- Muitos vinham para igreja através disso.

Terceiro

O QUE EU E VOCÊ PODEMOS ENXERGAR

1- Eu e minha família precisamos de uma igreja

2- Dinheiro não é tudo na vida; O Material não é o mais importante. Não devemos correr atrás do sucesso, o sucesso passa. A VIDA COM JESUS É MAIS IMPORTANTE.

3- Temos em Jesus Cristo todos os recursos deste mundo e do mundo vindouro para que tenhamos vida. A nossa vida cristã é mais do que estamos vivendo.

4- Não devemos agir como “coxos” espirituais.

5- Eu e você dependemos de Jesus;

6- Deus nos colocará pessoas (coxas) espiritualmente que precisarão de nós.

7- Jesus tem prometido para quem o buscar a riqueza da sua glória, riqueza que dinheiro nenhum no mundo todo junto poderia comprar.

8- Você precisa da glória de Deus sobre na tua vida?

9- Olhe para Jesus Cristo nesta noite.

Conclusão

Primeiro: O que enxergava o coxo, Segundo O que enxergavam os apóstolos O QUE ENXERGAVAM OS APÓSTOLOS. Terceiro O que eu e você devemos enxergar.

Autor. Rev. Marcos A. de Castilho http://3ipbcg.org.br/site/?p=2206

 

Ainda Há Esperança!

Postado por Pastor Josias Silva | Postado em Esboço de Pregação | Postado dia 13-05-2011

20

Na cultura brasileira existe um dito popular, que diz que:"A esperança é a última que morre". Na verdade este dito contraria o princípio bíblico de (I Corintios 13:13) que nos diz que a esperança não morre, mas permanece para sempre.É bem verdade que muitas vezes passamos por situações para as quais parece não haver mais esperança… situações onde nos encontramos num beco sem saída. Nessas horas de tribulação, de provação e até mesmo de angústia e desespero, as circunstâncias parecem ser maiores que nós, e sentimo-nos derrotados, fracassados, impotentes e sem esperança. Foi assim com Jairo, quando recebeu a notícia de que era tarde demais, sua única filha havia morrido, e já não valia à pena Jesus ir até ela (Marcos 5:35) Foi assim com Marta, quando seu irmão Lázaro adoeceu e morreu quatro dias antes de Jesus chegar a Betânia (João 11:17) Foi assim com Jó, quando ele perdeu tudo o que tinha - bens, filhos e filhas, saúde, reputação (Jó 1 e 2) Numa sucessão de perdas quando até mesmo sua esposa e seus amigos se voltaram contra ele.

 

Mas até mesmo nessas situações tão extremas, a guerra não esta perdida. Talvez ao longo da nossa caminhada com Deus, nós percamos algumas batalhas, mas nunca a guerra! O nosso general é Cristo… É Ele quem peleja por nós e nos dá a vitória. Jesus Cristo - a esperança da glória! É n’Ele que devemos colocar a nossa esperança e a nossa fé! Assim como Jairo, Marta e Jó, devemos colocar nossa fé no Senhor e crer que nem tudo está perdido, e que apesar da adversidade das circunstâncias, "Ainda há esperança" "Porque há esperança para a árvore, pois mesmo cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus rebentos. Se envelhecer na terra a sua raiz, e no chão morrer o seu tronco, ao cheiro das águas brotará, e dará ramos como planta nova" (Jó 14: 7 - 9) Sim, devemos crer que ao cheiro das águas, viverá e dará frutos! Uma pequena fé num Deus Grande… firmados na promessa de que "seremos como árvore plantada junto a corrente de águas que, no devido tempo dá o seu fruto, cuja folhagem não murcha, e tudo quanto fizermos será bem sucedido" (Salmo 1:3).

 

O Senhor está no controle. Ele tem um plano, e assim como Ele disse a Jairo, hoje Ele diz a você e a mim: "Não tenhas medo, confia em mim". Crer e confiar. E Jesus ordenou à filha de Jairo que se levantasse, e a menina logo saltou e começou a andar. "Ainda há esperança!" Marta sabia disso quando disse: "Senhor, se cá estivesses, o meu irmão não teria morrido” "Mas eu sei que mesmo agora não é tarde demais, pois tudo o que pedirdes a Deus, Ele te dará" (João 11:20)

 

Há um propósito para todas as coisas, inclusive para as nossas provações. Portanto, "Aquietai-vos e sabeis que Eu sou Deus" (Salmo 46:10) O Senhor quer reverter às adversidades em bênçãos, para nós e para outros. Quando Jesus soube que Lázaro havia adoecido, Ele disse que sua doença não era para morte, mas para a glória de Deus. Que Ele, o Filho de Deus, receberia glória em resultado daquela enfermidade. Jesus ressuscitou Lázaro e muitos judeus que presenciaram este milagre creram n’Ele. Da mesma forma, hoje o Senhor nos convida a declarar que a adversidade pela qual estamos passando, não é para a morte, mas para a Glória de Deus! Quando Jó analisa sua vida, ele conclui que tudo o que aconteceu com ele contribuiu para que ele tivesse uma maior intimidade com Deus: antes "Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te vêem" (Jó 42:5) E o Senhor restaurou a sorte de Jó e deu-lhe o dobro de tudo o que ele possuía. Portanto, não se dê por vencido, "Ainda há esperança"… logo você entenderá o propósito de Deus para esta hora.

 

Para Meditação:

 

"Agora pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor". (I Cor. 13:13)

 

Fonte: http://estudosbiblicos.spaceblog.com.br/