No fundo do poço

 “Conta-se que um fazendeiro, que lutava com muita dificuldades, possuía alguns cavalos para ajudar no trabalho de sua fazenda.
 Um dia, o capataz lhe trouxe a notícia de que um de seus cavalos havia caído em um velho poço abandonado. O buraco era muito fundo e seria difícil tirar o animal de lá.
 O fazendeiro avaliou a situação e certificou-se de que o cavalo estava vivo. Mas pela dificuldade e o alto custo para retirá-lo do fundo do poço, decidiu que não valia a pena investir no resgate. Chamou o capataz e ordenou que sacrificasse o animal soterrando-o ali mesmo.
 O capataz chamou alguns empregados e orientou-os para que jogassem terra sobre o cavalo até que encobrissem totalmente e o poço não oferecesse mais perigo aos outros animais.
 No entanto, na medida que a terra caía sobre seu dorso, o cavalo se sacudia e a derrubava no chão e ia pisando sobre ela. Logo os  homens perceberam que o animal não se deixava soterrar, mas, ao contrário, estava subindo à medida que a terra caía, até que, finalmente conseguiu sair..”

 Se você está sendo soterrado no fundo do poço faça desse aterro seu ponto de apoio para subida.